segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Entrevista especial de Fim de Ano, com Danilo Capilé.

Danilo Capilé




HO HO HO...salve galera do Hip-Hop sul mato grossense!Passei uns dias ausentes devido o nascimento da minha afilhadinha Laura,mas nao podia deixar vcs sem esse post especial de Fim de Ano;
É uma entrevista que está ja há dias no forno,mas que achei propício divulgá-la hj,nessa época tão família, por se tratar de uma das figuras mais conhecidas da família Hip-Hop aqui do sul do estado;
Como vcs já notaram,não sei ser muito imparcial nos meus posts e até aqui só postei coisas de pessoas que eu gosto,mas esse cara é hour-concour! Falar dele é muito fácil pra mim,visto que nos conhecemos a muuuuuuito tempo(rsrsr),mas as perguntas que fiz a ele tem por objetivo retratá-lo da melhor maneira possível,pra que quem não o conheça possa conheço-lo um pouco.
Muitos o amam pelo seu jeito extrovertido e expansivo,outros o odeiam e invejam pelo mesmo motivo...pra vcs:Danilo Capilé:

Danilo,ha quanto tempo você faz parte da cena do Hip-Hop no estado?

  Entao, comecei a me envolver mesmo na cena pra valer em 2001, entao ja vao fazer 12 anos;

Você é b.boy,conte-nossobre a evoluçao do break em Dourados:


We Love 2Rock

 Entao, na verdade a evoluçao mesmo, eu acho que começou a pouco tempo..pq desde a epoca q eu faço parte os b.boys pensavam mais em evoluir alguns passos,movimentos mais de dificuldade mesmo;e na minha opiniao, evoluçao do b.boy nao vem so na dança. Entao acredito q a verdadeira evoluçao começou a pouco tempo e por isso q essa rapa ta onde ta hoje( We Love to Rock, The Rootz, Flor Squad).

Nós temos ótimos b.boys no MS.O que tem que ser feito pra que o Breaking se alastre?

 Entao( rsrs) na verdade, nao precisa ser feito nada da nossa parte do hip hop. O que precisa é de gente de mais atitude, de abraçar o bang mesmo..pq ja vi muita gente bater no peito dizendo q é b.boy e passa um tempo depois vai p outro rumo.O que tem q acontecer é nao abandonar..pq se for pra se alastrar pra encher de ze povim q nao segura a onda melhor fik so os verdadeiros memo.

Durante esses anos todos,vc tem acompanhado bem de perto os eventos que rolaram. Relembre conosco os mais importantes pra você:
  Foram varios da hora,queria q tivesse mais pra poder ta relembrando aqui,mais vamo la: Um EVENTO em 2000 com a vinda do grupo DMN e dois b.boys do Jabaquara Break, que com certeza foi o primeiro aqui em Dourados com grupo de renome na cena nacional, Show do GOG em 2002 temporadas populares,e eu acho, que todos os q aconteceram só c a galera daqui do estado mesmo..pq cada evento desse q rolava fortalecia mais a cena aqui, todos os campe d break e todos os q envolviam os grupos daqui.


Projeto Cultural na Aldeia

A quantidade de eventos voltados ao hip-hop nao acompanhou proporcionalmente o crescimento do mesmo. Por que isso ocorre na sua opinião?
  Entao, dai eu volto sobre aquela outra pergunta la ,das pessoas q dizem q sao do movimento e depois de algum tempo vao p outro rumo;o publico aqui é do mesmo jeito..se a gente fazia um evento e depois demorava algum tempo p faze outro,o publico q foi no primeiro ja nao tava presente no segundo.Cansei de ser parado na rua por pessoas me perguntando:"E ai cara?E os eventos?"
Dai vc faz os eventos e essas pessoas nao passam nem na frente..vc faz um evento de rap e cobra 10 reais o povo embaça acha q os eventos d hip hop tem q ser de graça..mais nao sabem a correria q é faze um evento..agora se vc faz um baile funk e cobra 50 ninguem reclama!

Você é integrante da  Cufa Dourados,fale um pouco sobre isso:
 Eu nao faço mais parte da CUFA mais admiro muito o corre dela..alias admiro o corre de muitas organizaçoes q usam nao so o hip hop mais a cultura e o esporte pra algo d bom;no momento dou aula no projeto MAIS EDUCAÇAO nas UNEIS de Dourados.

Seu trabalho pela Cufa ja te levou ate a Unei,ministras oficinas.De que forma o hip-hop pode ajudar na recuperaçao das pessoas?
 Eu acredito que em tudo..mais o hip hop nao faz sozinho, a pessoa tem q ter força d vontade ..assim como eu e varios outros ai que, tenho certeza que se nao tivese abraçado o hip hop, tinha se perdido ai no caminho;

Relatos da Periferia
Vc tbm ataca de dj(incluisve foi sua a discotecagem do Baile Black pra Nois).Vai investir pesado nisso agora?
 (rsrs) Eu aprendi a discotecar na mesma epoca q aprendi a dançar..na epoca era fácil, vc achava um truta com equipamentos p vc treinar ..ja fui dj de um grupo chamado Aliadas Perifericas de Campo Grande e ja fiz algumas pontas com outros grupos ai..acho muito loko .me indentifico tanto como na dança..so q os aparelhos custam caro e tal..sei la, mais pra frente tenho vontade sim.Agora to fechado com RELATOS DA PERIFERIA.. e so lembrando pras pessoas q me veem tocando no notebook, EU SOU DJ MEMO VIU....pode jogar pik up, cd j na minha frente q eu desenrolo sem problemas , scratchs, colagens..é tudo no meu nome hehe.

 Vc ja e reconhecido tbm pelos free styles legais q vc faz.Tem vontade de gravar uma letra um dia?
  Haa,eu curto fazer free style so p tira onda junto com os truta..nem penso em grava nada nao, memo pq acho minha voz paia p caralho( haha), eu curto memo é zua com os parceiro pega no pé deles isso p mim e a melhor parte d rima (hehe)!

 Do alto da sua experiencia,fale-nos um pouco da evoluçao do hip-hop no estado:
  Eu acho que a evoluçao veio dos grupos que gravaram cd e tal, dos b.boys q foram p fora do estado e ganharam varios premios , dos grupos q foram representar nosso estado em festivais, programas de tv e tal, essa foi a evoluçao eu acho..tem aí o ESTUDIO CORRERIA, pow, a quanto tempo a galera nao tava nessa pilha de um estudio com as musicas sendo gravadas por um parceiro que entende e vive memo o bagulho..isso p mim foi a verdadeira evoluçao dos parceiros.

 Vc é uma das pessoas + reconhecidas e queridas no hip-hop do MS,te agradeço pela ideia e deixo em aberto p suas consideraçoes finais...
 (hahaha)Mais querida (kkk) isso ai ja nao sei, acho q sou o mais julgado as vezes (kkkkk)
Mais entao,quero deixar um salve a toda a rapa q soma forte aqui em Ddos City, aos resistentes do estado q estao d pé ate hoje, salve Mano Rogerio de Rio Brilhante , Falange da Rima, Posse sul, meu truta Sorriso,aos truta da aldeia Bro Mcs e Jovens Conscientes , a vc Marina, grande guerreira ai de Cpo City, Negao Valdir, Grafit(Relatos ate o fim) HG e Dani Muniz, Senkapuz,todos os b.boys da We Love to Rock,Mc Junao , Mc Mancha e Dj Sell rapa sem palavras de Bonito, Conexao Fronteira, Blue Studio Correria , Legiao da Rima, aos lokos dos roles nervosos de super maquina Rocka e Lcy Black haha e todas as minhas ex mulheres e namoradas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...É NOIS!

Nenhum comentário: